domingo, 1 de setembro de 2013

Poetas brasileiros

Algo do céu - em espírito e verdade! 
Algo do céu - em espírito e verdade!
:: Wagner Borges ::
(No Bojo do Vento do Eterno...)

Eu vejo você se debatendo na cama...
Será que é realmente um pesadelo?
Ou um assédio espiritual?
Diga-me você!

Ah, essa febre vem do seu peito...
Porque o seu coração está apertado.
E assim é quando se abafa o Amor.

O vento da noite me mostra o seu rosto...
E eu vejo a tristeza que você esconde.
Vejo o quanto a sua canção foi desviada.
Sim, eu vejo além do que o mundo vê...

A chuva cai na noite - enquanto eu olho além...
E eu vejo os traços do seu rosto antigo.
Sabe?... Mesmo as lágrimas não choradas estão marcadas nele.
E também a solidão que ninguém vê.
E o tempo perdido...

Ah, o Amor real é uma raridade.
E vem acompanhado de grande alegria.
E faz a canção ficar linda demais.
E não cabe num corpo físico.
Porque é presente do Céu.

A chuva continua caindo na noite...
E eu vejo você acordando - sem paz.
Então, em silêncio, penso na Luz.
E desejo-lhe tudo de bom.
Porque eu sei que o pensamento viaja, algures...

Ah, quem sabe o que o vento da noite carrega no seu bojo?...
Talvez, uma canção... Ou uma prece.
Ou o sussurro dos sentimentos que viajam na noite...
E interligam os corações de forma secretas e admiráveis.

Então, por obra e graça da Luz, durma novamente.
E, dessa vez, sonhe com algo bom...
Algo do Céu, que sequer cabe no corpo.
Porque está além - e é uma raridade.

Sim, sonhe...
Enquanto eu olho a chuva na noite...
E deixo a prece viajar no vento.
E ela leva algo que não cabe num corpo...
Algo do Céu.

Ah, quem sabe o que o vento da noite carrega no seu bojo?...

P.S.:
Às vezes, o Céu conversa com os homens.
Mas é preciso compreender sua linguagem.
E isso é com o coração.
Que sabe ler além do que se vê.
Porque ele sabe que isso não se explica...
Só se sente*.



Paz e Luz.
Wagner Borges - mestre de nada e discípulo de coisa alguma, de coração a coração, no bojo do Vento do Espírito...

Nenhum comentário:

Postar um comentário